Home > Info Center > Exportações

Exportações

O crescimento sustentável da população, sua renda e a necessidade de uma dieta saudável, baseada em alimentos ricos em proteínas de alto valor nutritivo, exigem diariamente que os mercados tenham cada vez mais produtos que respondam aos mais altos padrões de qualidade e inocuidade, a fim de garantir a origem e sustentabilidade dos processos e do meio ambiente.

Desde o início, a Indústria Salmonicultora nacional desenvolveu uma vocação exportadora de produtos de primeira qualidade, cumprindo com as certificações mais exigentes no nível mundial, para abastecer mais de 70 países com três espécies de forma bem sucedida, liderando mercados como o Japão, Estados Unidos e o Brasil.

Com exportações que beiram os US$4.000 milhões, o salmão é o segundo produto mais exportado do país, depois do cobre. 24% do retorno provêm do mercado japonês, principal destino do Salmão do Pacífico ou Coho, congelado e sem cabeça HG (inteiro sem cabeça). Os Estados Unidos representam 32% do total das exportações, ao constituir o principal destino do Salmão Atlântico ou Salar, recebido sob a forma de filés frescos via aérea e o Brasil, finalmente, é o terceiro principal país de destino com 13% do total nacional exportado, prioritariamente salmão inteiro fresco, por via terrestre.

A seguir você poderá descarregar uma série de gráficos relacionados com exportações de Salmão e Truta: